Afirmando que, nas discussões sobre o inferno, os cristãos tendem a desumanizar aqueles que discordam de suas opiniões e mostram pouca humildade, o cineasta Kevin Miller comenta sobre o seu mais novo trabalho. No documentário intitulado “Hellbound?”, o cineasta pretende discutir as diversas visões sobre o inferno, e questiona várias crenças de diversas religiões.

O cineasta afirma que “algo que tende a acontecer durante esses debates, é que certas crenças ou doutrinas tornam-se uma espécie de teste que ajuda a determinar o que está dentro ou fora dos padrões, fazendo com que as pessoas pensem ‘você é um de nós ou um deles?”.

O documentário, que ainda está sendo produzido, vai mostrar teólogos e pastores, incluindo Mark Driscoll da igreja Mars Hill e Brian McLaren, e também músicos de heavy metal, exorcistas e pessoas que afirmaram ter visto o inferno em primeira mão.

“Somos chamados para seguir a Deus, seguir a Cristo. No entanto, a questão é: que tipo de Deus estamos seguindo?”, questiona Miller que, apesar de não revelar quais são suas opiniões sobre o inferno afirmou ter feito muitos questionamentos a esse respeito ao longo dos últimos 27 anos. O cineasta se converteu à fé cristã por meio da Igreja Menonita e atualmente frequenta uma Igreja Anglicana.

Segundo o The Christian Post, as filmagens de “Hellbound?” começaram em junho do ano passado, logo após a explosão de debates sobre o livro de Rob Bell, “Love Wins”. Nessa obra o ex-pastor da igreja Mars Hill Bible, expressou a luta com o conceito de que somente poucos iriam para o céu e que bilhões de pessoas queimariam eternamente no inferno.

O cineasta afirma que seu objetivo com o documentário não é criar polêmica, mas sim buscar pela verdade e por respostas. Ele ainda destaca alguns dos questionamentos que levanta na obra: “As pessoas optam por ir para o inferno ou é que Deus quem as manda para lá? Será que Deus predestinou algumas pessoas? São estes castigos no inferno ativamente perpetuados por Deus ou são eles um produto de Deus para estabelecer Sua presença? São estes tormentos literais ou figurados?”.

O lançamento de “Hellbound?” está previsto para setembro. O filme está sendo promovido em festivais, sendo o próximo – Atlanta Fest – começando em 14 de junho.

Fonte: Gospel+

 

Site do filme